31 de jul de 2009

Retração

Se somente esse sentimento de solidão vigorasse, como me sinto pouco iria importar. Mas o que mais corrói são os motivos da solidão. E toda as vezes que me sinto solitária, todos esses fatos que eu não faço questão nenhuma de mencionar ou sequer lembrar, sentam-se comigo para apreciarem essa penúria que se amontoa aos poucos, chegando a me sufocar. Gostaria de, ao menos, saber como me sinto, ao certo, para tentar reverter a situação, mas meus sentimentos nunca foram muito claros, e essa confusão vai gradativamente tomando conta cada vez mais de cada parte minha ou com relação a mim. O único desejo que tenho, se me permito dizer, é continuar sozinha. Entretanto, num lugar distante, calmo e sem algum procedente de conhecidos. Apenas a solidão, meu martírio, uma boa chícara de cafés, folhas e uma caneta. Nada mais.

Nenhum comentário: