30 de set de 2009

Essência restrita.

E fumava, como se todo aquele ardor de estar vivo pudesse ser expelido com a fumaça que saia de seus pulmões. Aquela agunia inexplicável que se acumulava desde quando se conhecia por pessoa, o rancor, a raiva, a nostalgia, tudo, tudo, que na verdade era um grande e vazio nada.

Nenhum comentário: