10 de out de 2011

Underground


Em algum canto subterrâneo da linha amarela.

Nenhum comentário: