9 de jan de 2013

C'est la fucking vie

Sorri e aceita
a verdade dos grandes clichês
de que a única constante
é a mutação
para depois de tanto esperneio
ao se ver no espelho
entender que todo o exagero
se concentra num riso de canto
de aceitação.