17 de jun de 2014

saudações ao distante

ainda deitada
virada
do avesso
o que paira
dentro e fora
do que me entendo
é o teu sorriso 

Nenhum comentário: